1K6 ES Reparos/pontos de medições.

Share

Neste Post será abordado um assunto pelo qual teve vários pedidos e solicitações de informações às quais tentarei esclarecer no decorrer do testo, que está sendo bem explicativo, com esclarecimentos e fotos para auxiliar e sanar dúvidas.

O modelo em questão é o Módulo Stetsom 1K6ES, ressalto que muitas das informações citadas também poderão auxiliar no reparo do modelo 1K5H. Em meio à muitas dificuldades de Técnicos em reparar esse modelo de equipamento, vários fatores me foram notados, dentre ele são: Falta de conhecimento técnico, equipamentos de medições inadequados, falta de conhecimento em manuseio em peças (SMD) e um fator principal (falta de conhecimento teórico do funcionamento desse amplificador). É certo que nem todos tem acesso a informações necessárias ao equipamento,  mas ressalto que com cautela e conhecimento se obtém um ótimo resultado no reparo.

Em primeiro plano: ( FUNCIONAMENTO DO CIRCUITO).                                                                       O funcionamento do circuito segue uma diferença dos modelos digitais que operam com 2 drivers (IR2010) ou similares, tendo em vista que o funcionamento dos drivers é atribuído há um PIC que gera o sinal de modulação e dessa maneira se obtém o funcionamento das saídas. No caso do IRS2092 temos um integrado de funcionamento criterioso, se algo estiver errado nos estágios que o interligam não haverá oscilação do integrado. Para que o IRS2092 seja ativado é necessário que alguns itens estejam ok, e são: O pré tem que funcionar corretamente, do contrário a entrada do integrado pino 1 ficará sem sinal e será bloqueado.  Para um teste preciso no pré se injeta um sinal de 800 à 1khz ou um mp3 (musical) e se captura o sinal em C25, logo na entrada do pino 1. Se for por sinal um Osciloscópio será necessário, se for por um mp3, um amplificador externo com ponta de prova de 10k será útil.

Se ao constatar que está sendo processado o sinal e o mesmo chega até o IRS2092 e mesmo assim não se tem sinal na saída e, permanece aceso o led de “proteção” é certo que tem algo à mais incorreto no circuito. O fator “proteção”  pode estar associado a outros pontos do circuito, ou seja, tudo tem que estar 100% do contrário o IRS2092 não funcionará e os dados de registros pelo PIC da fonte serão remetidos ao bloqueio.

Em alguns casos é indicado que se retire fora os FET´s da saída e, se necessário o transistor FET responsável pelo envio de informações ao PIC para o bloqueio (proteção). Após, se liga o amplificar com cautela e façam às devidas medições de tensões no circuito. Lembrando que a falha de algum dos reguladores pode ocasionar bloqueio.

Nas ilustrações que seguem poderão acompanhar detalhes de pontos vulneráveis à defeitos, valores de consumo e componentes.

12

Na imagem acima, é mostrado com precisão pontos vulneráveis à defeitos. Para um detalhamento preciso os componentes circulados com um retângulo, tem por finalidade, identificar possíveis falhas no circuito.   Rg1, Rg2, Rg3 e Rg4 são os reguladores que compõem o circuito e definem pontos de regulagem, caso algum tenha falha o circuito poderá ser bloqueado, ou em alguns casos, pode até ativar o circuito, mas não terá saída de áudio.  Teremos como exemplo Rg1, se este regulador falhar, o circuito permanecerá ligado mas não vai apresentar o consumo correto, sendo que o valor será de 0.89A  e o correto é em torno de 1.60A à 1.98A.  Se houver falha nos diodos 5V6 1/2Wts, ligará o circuito mas não terá áudio. A expressão “ não terá áudio” deve-se pelo motivo do IRS2092 apresentar falha no acionamento e não gerar oscilação, essa atribuição é derivada de falhas no circuito…podendo ser pontos de tensão, ou até mesmo o próprio IRS2092 defeituoso.

Os valores apurados nas tensões tem como ponto de referência o GND da entrada da bateria, porém, deve-se avaliar outros pontos de medições. Esse modelo tem com referência de tensões  +94Vcc e -94Vcc (com variações para mais ou para menos) esses valores são atribuídos ao fator da fonte de alimentação, em questão deve ser de 12V.

Medi todos os componentes e está tudo ok, mas ainda não tem saída de áudio? essa pergunta é à mais cogitada em muitos reparos nesse equipamento, tendo em vista que o IRS2092 é criterioso em sua tarefa de funcionamento, se tiver alguma falha o mesmo não vai acionar. Se todas medidas de tensão estiverem corretas e mesmo assim não haver atuação do IRS2092, é bem provável que como mostra na figura acima…marcado em vermelho, algum dos componentes nesta área estão afetados, ou até mesmo os próprios FET´s de saída.

Na figura abaixo, é descrito os pontos de medição do IRS2092, entradas de +5V6  -5V6  +15V e saídas PWM.

Fig. 2 pontos de medição IRS2092.
Fig. 2 pontos de medição IRS2092.

Para que o Driver IRS2092 funcione corretamente, neste gráfio poderá ser comparado às tensões do circuito. Tensões de 5V6 nos zeners devem ser aferidas com referência do GND da entrada, bem como a tensão de +15Vcc no pino 15.    A tensão de +15V do pino 12 deve ser aferida usando o -Vcc gerado no retificador U14 FEP 16DTA, terminal do meio.

Pino 13 está ligado ao corte de saída de áudio, Dreno e Source dos FET´s de saída. Sinal PWM deve ter sua medição aferida usando o GND da entrada, os valores podem ter variações decorrentes da fonte usada no reparo, para mais ou para menos.

Não consigo ligar o Módulo, entra em proteção, o que fazer?  Em primeiro plano examine o circuito em busca de possíveis danos internos, em caso de proteção, verificar os FET´s de saída, se necessário retirar os FET´s para medição e comparar o circuito sem os mesmos. Alguns modelos trazem o conector de bloqueio…use-o se necessário.  Sem os FET´s de saída no circuito retira-se o FET Q2 IRLML9303TR (acionador da proteção) Obs: observar com muita atenção se não há nenhum ponto em curto, pois ao desbloquear a proteção a fonte será acionada e danos podem ser provocados ao circuito.

Ao ligar se nota alto consumo de corrente, o que provoca esse defeito?  Se ao ligar for notado um alto aquecimento nos FET´s da fonte é provável que há danos na área da fonte, devem ser avaliados e reparados. Ao ligar o consumo está acima do previsto e nota-se um aquecimento demasiado no canal, pode ocorrer de algum dos capacitores de filtro estarem com alteração ou algum componente condutor transistores ou até mesmo os FET´s da saída estarem com defeitos.

Às informações citadas neste Post tem por finalidade auxilar dúvidas referentes ao funcionamento do modelo 1K6ES 2R, os dados aqui obtidos também podem servir de auxílio para o modelo 1K5H, embora os modelos possam apresentar mudanças internas os pontos de medição são semelhantes. Valores de tensão da fonte no secundário pode variar de um modelo para o outro, valores pré fixados (reguladores) são semelhantes.

Ao efetuar reparos, utilize formas de segurança e proteção  adequada para se evitar danos pessoais. Não utilize em hipótese alguma peças “pirateadas”  seu trabalho será comprometido e os danos financeiros serão maiores.  Não tente efetuar o reparo se não tem conhecimentos Técnicos que possam lhe auxiliar bem como equipamentos complementares. Toda e qualquer forma de reparo inadequada é por conta e risco de quem à faz, seja coerente com a situação, em caso de dificuldade procure um local especializado para o reparo.

Os textos abordados neste Post  tem como finalidade defeitos referente ao canal do equipamento, defeitos referidos na fonte não estão sendo abordados diretamente. Espero que os dados aqui citados possam ser de grande valia para os interessados, se você visitou e achou útil esse Post, deixe seu comentário, sua dúvida. Aquilo que para alguns pode ser pouco para outros pode ser de grande valia. Obrigado pela visita!!!

Share

15 thoughts on “1K6 ES Reparos/pontos de medições.”

  1. Excelente post! Tive dificuldades e infelizmente não consegui reparar o equipamento uma vez. Guardarei aqui, essas valiosas dicas!
    Muito obrigado Nill!

    1. Com certeza será útil em muitos casos, devido ao motivo de muitos não conseguirem resultados positivos optei em esclarecer algumas dúvidas. Obrigado pela visita!!!

      1. Bom dia amigo, tenho uma 1k6 que fechou curto na fonte, fiz a troca dos 1404 e do ir4427 cheguei trocar até o pic mas assim q ligo o modulo os fets esquentam instantaneamente, oq mais poderia estar causando Isso?

        1. Bom dia! Sempre ao efetuar a troca dos FET´s é bom checar os resistores de gate e falha nas trilhas.. soldas em curtos tbm são pontos fatais de defeitos. Em último caso embora mais remoto seria o Trafo de entrada estar em curto no primário. Na área do canal vai encontrar um “jump” de bloqueio e desbloqueio da saída .. coloco o mesmo na função “Bloqueio” dessa forma a fonte vai operar livre de carga da saída.

          1. Eu fiz a troca dos resistores junto com os fet já fiz o bloqueio da saída e até mesmo retirei os transistores de saída tbem.
            Fiz a medição dos fet para verificação d curto e está tudo ok.
            Não achei curto do primário para o secundário do teroidal.
            Está sinistro isso aqui kkk

          2. O curto nem sempre é do primário para o secundário e sim no primário mesmo. Faça uma revisão com cautela no que já foi realizado e se for o caso troque novamente o driver IR4227…Cuidado com FET´s de má qualidade.

Gostou dessa Publicação? deixe um comentário assim vc colabora com o Blog.

Share